15 de Dezembro de 2017

Ano Mundial da Agricultura Familiar é lançado

28 de Novembro de 2013, por ASCOM - Agrocoop
Ano Mundial da Agricultura Familiar é lançado no intuito de fortalecer o combate à fome e as práticas sustentáveis
Ano Mundial da Agricultura Familiar é lançado

Potencializar a agricultura familiar é o meio mais eficaz de se combater a fome e a pobreza. Partindo dessa premissa, foi lançado nesta sexta-feira, 22 de novembro, o Ano Internacional da Agricultura Familiar (AIAF-2014). Em todo o mundo, 70% dos alimentos produzidos são provenientes da agricultura familiar, e cerca de 40% das famílias do planeta vivem desta prática.

Segundo a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), a agricultura familiar "é uma forma de organização de produção agrícola e silvícola, como a pesca, a pecuária e a aquicultura, que é gerida por uma família e que, em sua maior parte, depende da mão de obra familiar, tanto das mulheres como dos homens. A família e a produção estão vinculadas e combinam funções econômicas, ambientais, reprodutivas, sociais e culturais”.

Nos países desenvolvidos, como nos em desenvolvimento, mais de 500 milhões de produções familiares geram os alimentos que nutrem bilhões de pessoas. Em muitos países em desenvolvimento, a agricultura familiar chega a representar uma média de 80% de todas as produções agrícolas.

De acordo com o Fórum Rural Mundial (FRM), que coordena o AIAF-2014, o programa vai promover um amplo debate, além de fomentar a cooperação a nível nacional, regional e mundial para aumentar o conhecimento e compreensão dos desafios que os pequenos agricultores enfrentam, além de ajudar a identificar métodos eficazes de apoio aos agricultores familiares.

Para o coordenador do programa do AIAF-2014, José Antonio Osaba, "a forma mais eficaz de derrotar a fome e a má nutrição é produzir os alimentos perto de onde vivem os consumidores, trabalho exclusivo da agricultura familiar, não dos grandes produtores”. Na opinião do coordenador, para potencializar o trabalho dos milhões de agricultores familiares no mundo, "é necessário que os governos garantam o acesso protegido à terra, a água, ao mar e aos demais recursos, além de reconhecer o direito dos povos de produzir os próprios alimentos”.

Em seu discurso no lançamento do AIAF-2014, o diretor geral da FAO, José Graziano da Silva, destacou o enorme potencial produtivo da agricultura familiar. "Ao optar por celebrar o AIAF, reconhecemos que os agricultores familiares são peças chave para dar uma resposta à urgência que afronta o mundo hoje em dia: a melhora da segurança alimentar e a conservação dos recursos naturais”.

Apoiada por mais de 360 organizações da sociedade civil dos cinco continentes, o AIAF-2014 tem como objetivo destacar a importância da agricultura familiar, concentrando a atenção do mundo sobre seu papel primordial na mitigação da fome e da pobreza, na contribuição para a segurança alimentar e a nutrição, na melhora dos meios de vida, na gestão dos recursos naturais, na proteção do meio ambiente e no desenvolvimento sustentável, especialmente nas zonas rurais.

Fonte: Adital
Foto / imagem: Portal MDA
ASCOM - Agrocoop é Assessoria de Comunicação da Agrocoop
Sede: Rua Av Andrade, n° 295, centro, Barro Alto-BA
Representação: Rua Benedito Teixeira, n° 127, Centro, Irecê-BA
Fone: (74)3641-4671
E-mail: contato@agrocoop.com.br
Parceria