15 de Dezembro de 2017

Celebração de encerramento do P1+2

29 de Maio de 2014, por Higor Soares
Celebração de encerramento do P1+2

O Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2) é uma das ações do Programa de Formação e Mobilização Social para Convivência com o Semiárido, inserido pela Articulação Semiárido Brasileiro (ASA). O projeto, que tem como patrocinador a Petrobras, investe na melhoria da qualidade de vida do sertanejo e utilização correta da água para produção de alimentos e dessedentação animal, tendo como finalidade o desenvolvimento socioeconômico do Semiárido brasileiro.

Nesta quarta-feira (28/05), o P1+2 promoveu seu evento de encerramento no município de Serrinha na Bahia, que reuniu cerca de mil e duzentos agricultores e agricultoras de todo o Semiárido em uma celebração de resultados de sucesso. Segundo dados da ASA, através deste contrato de parceria foram implementados 10.053 cisternas-calçadão, 3.300 barreiros-trincheira, 6.450 cisternas-enxurrada e 197 barragens subterrâneas, atendendo a 100 mil pessoas em 210 municípios do Semiárido.

O cantor Potiguar Isaque Galvão animou a multidão com seu repertorio eclético e dançante abrindo também espaço para apresentações regionalistas de integrantes das caravanas. Ainda durante o evento, foi realizada a Feira “Expressões da Agroecologia no Brasil”, exibindo e comercializando produtos como hortaliças, ovos de galinha, feijão e produtos processados, como beiju, bolos, mel, sequilhos, polpa de frutas, flocos de milho, valorizando os produtos oriundos da agricultura familiar.

Os territórios de Irecê, Chapada e Velho Chico que são atendidos pelo P1+2, foram representados por 4 caravanas coordenadas pela AGROCOOP, BARRIGUDA, CAA e Cáritas de Irecê, com cerca de 140 agricultores e agricultoras. “O P1+2 levou muito mais que uma cisterna pras comunidades, o projeto leva progresso e cidadania pra todos nós”, ponderou a agricultora Maria Célia, da comunidade de Lagoa Cercada, no município de Iraquara e integrante da caravana.

“Avaliamos essa parceria como da mais alta importância. Sabemos o que significa uma empresa como a Petrobras se voltando para questões específicas da população do Semiárido e apoiando ações de armazenamento de água para produção, que é um processo de fundamental importância para a convivência com o Semiárido. Isso projeta uma imagem muito positiva da ASA e da Petrobras por terem conseguido executar esse contrato de patrocínio tendo as famílias como sujeitas do processo”, avalia Naidison Baptista coordenador da ASA pelo estado da Bahia e um dos organizadores do evento.

Estiveram presentes ao evento, também, o diretor corporativo e de serviços da Petrobras, José Eduardo Dutra, a ministra de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, e o governo do Estado da Bahia, Jacques Wagner.

→Outros números do P1+2 PETROBRAS: 

1.300 pedreiros e pedreiras capacitados 

210 Comissões Municipais formadas 

130 Casas de Sementes apoiadas para estocar sementes crioulas 

65 Viveiros de Mudas implantados

Foto / imagem: Higor Soares
Higor Soares é Comunicador Popular
Sede: Rua Av Andrade, n° 295, centro, Barro Alto-BA
Representação: Rua Benedito Teixeira, n° 127, Centro, Irecê-BA
Fone: (74)3641-4671
E-mail: contato@agrocoop.com.br
Parceria